Eu costumo fazer apresentações de slides e particularmente eu não gosto de usar as ferramentas dos pacotes de escritório para exibir a palestra. Eu crio a palestra no Libre Office ou no Office da Microsoft, dependendo do sistema que eu estou usando, mas quando ela está finalizada eu opto por salvar a palestra em PDF.

Okular PDF Linux

Okular – tela mostrando um arquivo em PDF aberto

Salvar a palestra em PDF me permite ter mais segurança no momento da exibição, evitando problemas com fontes ou computadores que usam suites de escritório diferentes daquela que eu usei na criação dos slides. Além disso, é mais fácil distribuir online o arquivo em PDF. Recentemente eu criei uma palestra no Powerpoint e precisei apresentá-la em uma máquina com Linux e LibreOffice, para simplificar eu optei por usar o arquivo em PDF e abri-lo no Linux com uma software chamado “Okular“.

Okular

Anotações no arquivo

O Okular é um programa para visualização de vários formatos de arquivos que lhe permite fazer anotações nos arquivos, porém essa é a função que eu menos utilizo nele. O mais importante no meu caso é a ótima funcionalidade que ele tem no modo “apresentação”. Os arquivos PDF são lidos perfeitamente como slides e ele ainda exibe na tela o número do slide quando você muda entre um slide e outro, facilitando a orientação do apresentador em relação ao conteúdo da palestra. Claro que vídeos, áudios e transições não irão funcionar diretamente dentro da apresentação em PDF, mas no caso dos arquivos de áudio e vídeo é possível fazer com que eles sejam abertos em um aplicativo externo – desde que o caminho referenciado para a mídia seja o mesmo que o usado durante a criação da apresentação (testei isso com o LibreOffice no Linux).

Okular

Modo apresentação – PDF exibido como slide e com a possibilidade de usar um controle remoto.

Link site oficial do Okular: https://okular.kde.org/

Uma opção um pouco mais rápida na renderização do PDF, principalmente se ele possuir fotos em grande quantidade ou qualidade, é o visualizador de documentos Atril, do ambiente gráfico Mate. Ele também funciona sem problemas em outros ambientes.

PS.: mesmo tendo sido criado para rodar no KDE ele não precisa deste ambiente para funcionar, aqui ele roda sem problemas no XFCE.