A perigosa rotina do home office

Um dos grandes problemas do home office é comodidade e a aceitação dela como algo positivo. Por mais que eventualmente você tenha contato com colegas de trabalho nem sempre esse contato é presencial, em muitos casos ele se limita ao mundo virtual. Para alguns isso pode ser uma coisa boa, afinal de contas você não precisa aturar aquele colega de trabalho e suas piadas sem graça, para outros pode ser um caminho sem volta para uma rotina de monotonia, comodidade e isolamento social.

Um dos grandes problemas do home office – ainda mais se você mora sozinho(a) – é a falta do papo com os amigos de trabalho, a inexistência do almoço com a rapaziada ou mesmo o papo na pausa pro café. Assim, muitas pessoas acabam se isolando nos seus mundinhos domésticos e vão deixando aos poucos o gosto pelo convívio social.

Em muitas situações isso é um reflexo da comodidade de estar em casa, sem precisar sair para o trabalho de manhã cedinho, encarar o trânsito, transportes lotados, engarrafamentos e coisas assim. Essas facilidades, obviamente, são uma parte boa do trabalho em casa. Mas a praticidade que temos atualmente para fazer quase tudo online acaba por nos tornar reféns da nossa casa/local de trabalho. E o pior é que, em muitos casos, nós vamos pegando o gosto por essa prisão doméstica sem nos darmos conta do que está acontecendo.

Fugindo da rotina do home office

Felizmente, existem algumas coisas que podemos fazer para evitarmos esta armadilha silenciosa da comodidade do trabalho em casa. Vamos lá:

1. Pare de pedir comida, ou pelo menos reduza os pedidos de entrega em casa. É muito prático pedir comida online ou pelo telefone, pagar com cartão e receber na sua porta. Mas isso te faz ficar acostumado com a comodidade. Você deixa de sair e descobrir novos restaurantes perto de casa, passa a pedir sempre a mesma coisa, se limita a falar um “obrigado” pro entregador e pronto, um passo para a entrada num “mundo sem pessoas”. Tudo isso pode ser evitado com uma simples ida aos restaurantes mais próximos ou até mesmo com você fazendo a sua comida (que não precisa ser comida congelada ou macarrão instantâneo sempre). Cozinhar em casa te trará alguns benefícios! Você poderá sair para comprar seus vegetais e frutas na feira, ir ao mercado no final do dia, melhorar suas habilidades culinárias, escolher opções mais saudáveis, de divertir, economizar, convidar alguns amigos para um jantar ou almoço de final de semana, etc. Outra dica boa é: fuja no meio da tarde e vá beber um bom café em algum local perto da sua casa.

Café
Faça uma pausa para o café e se possível vá em uma cafeteria próxima

2. Faça pausas durante o trabalho e use esse tempo para outras atividades. Algumas pessoas precisam deligar a cabeça do trabalho por alguns minutos para conseguir encontrar a solução de um problema, aliviar o stress ou liberar a criatividade. Por isso, pausas podem ajudar muito. Pare por alguns minutos, leia um livro, veja um capítulo daquela série que você gosta, assista o noticiário, ouça música, tome banho, saia para uma caminhada ou corrida, etc.

3. Não recuse todos os convites dos seus amigos. Saia de casa no final do dia, vá ao cinema ou teatro com seus amigos, faça um happy hour ou coma uma pizza na casa de alguém… A comodidade de ficar em casa faz com que você tenha preguiça de sair, de ver gente, de se relacionar além das redes sociais. Quanto mais você trabalha em casa, mais isso pode acontecer. Você não precisa aceitar todos os convites que aparecem, mas também não deve recusar todos eles.

4. Vá a eventos profissionais relacionados com a sua área, faça cursos, assista palestras… Deixar de sair de casa e optar por fazer tudo online também irá prejudicar o seu networking, por isso mesmo você não deve deixar de comparecer aos eventos relacionados com a sua profissão, cursos, seminário e afins. Aquela velha máxima do “quem não é visto, não é lembrado” se encaixa bem nesta situação. Isso sem falar no aprimoramento profissional.

5. Pratique uma atividade física com outras pessoas. Inscreva-se numa assessoria esportiva, frequente uma academia, participe do futebol semanal, pedale com um grupo da sua cidade/bairro, inscreva-se num clube, etc. Faça atividades com outras pessoas ao seu redor, sejam elas atividades físicas ou culturais, como um clube de fotografia, por exemplo.

6. Se quiser mudar de ares experimente um espaço de coworking. Espaços assim estão presentes em quase todas as grandes cidades e eles são uma boa forma de fugir da rotina do trabalho em casa. Lá você terá contatos com pessoas de outras áreas, poderá vir a prestar serviços para outras pessoas que frequentam o espaço, terá com quem trocar opiniões… Nem sempre existirá um cowoking bom por perto, mas ainda assim este é um recurso a ser avaliado como ferramenta para quebrar a sua rotina de trabalho.

Coworking
Experimente um espaço de coworking

O home office é uma tendência para algumas profissões que permitem o trabalho à distância, mas nem todo mundo se adapta a esta rotina de trabalho. Alguns vão amar a praticidade de poder trabalhar em casa, outros não vão curtir tanto a ideia – e quando isso acontecer lembrem-se das dicas que eu deixei aqui.

Deixe uma resposta