10 dicas para seu Home Office

Como eu disse antes em outro artigo aqui do site eu trabalho em casa tem cerca de dois anos quase de forma exclusiva, ao longo deste tempos eu fui encontrando maneiras para organizar as coisas de forma que o trabalho fluísse de forma mais tranquila. Uma compilação de algumas destas dicas para seu home office você encontra aqui neste artigo.

1. Cadeira, mesa de trabalho e altura do monitor

Uma boa cadeira. Se você vai passar entre 6 e 8 horas (quem sabe até mais) sentado em uma cadeira tenha certeza de escolher um bom modelo levando em conta não o preço, mas o conforto. Uma cadeira com boas rodas, braços reguláveis ou que já estejam na altura certa, um bom encosto e assento confortáveis fará toda a diferença no final do seu dia de trabalho. Neste quesito sinceramente não pense em economizar, procure um bom modelo com um preço justo e seja feliz. Particularmente eu não recomendo cadeiras sem braços e mais simples do que aquelas popularmente vistas nos anúncios como “cadeiras de diretor” (encosto de altura média e braços). A minha é uma desta linha e eventualmente eu ainda sinto falta de um bom encosto de cabeça em tela, coisa que talvez eu venha a comprar mais pra frente.

Ergonomia no espaço do home office

Da mesma forma que a cadeira, a sua mesa de trabalho deve ter a altura certa para que a sua cadeira entre por baixo dela e seus braços encontrem o apoio necessário para trabalhar no PC durante o dia sem maiores problemas de ergonomia. O modelo é indiferente, você pode fazer a sua ou comprar alguma pronta. Eu não costumo gostar daquelas com bandejas para teclado, prefiro mesas mais largas onde eu posso manter o teclado e o mouse em cima da mesa. E por falar em mouse, uma dica extra, um bom mouse pad com apoio em gel para o punho será muito agradável nos períodos de trabalho mais longos. Não preciso falar sobre a diferença entre um bom teclado e um onde as teclas ficam agarrando, não é?

LINK: Uma ótima dica para calcular as medidas ergonômicas de acordo com a sua altura é este site (a ilustração acima saiu deste link).

Organize o espaço de forma a facilitar seu trabalho. Mantenha lápis e canetas em potes ao seu alcance; post-its caso você use eles; agenda; um espaço para seu café ou garrafa de água, etc. Simplifique a coisa de forma que você não precise parar toda hora que for pegar alguma coisa. A mesma coisa vale para o caso de manuais de identidade visual, projeto ou qualquer outra coisa que você use como consulta ao longo do trabalho, mantenha-os por perto. Por mais que fazer pausas seja importante, como eu falarei depois, você não precisa ficar toda hora indo e vindo para pegar isso ou aquilo.

Dores no pescoço? Já experimentou mudar a altura do seu monitor? Esse é outro item importante, nunca deixe seu monitor baixo demais ou alto demais, da mesma forma, nem muito próximo nem muito distante de você. Todas essas situações contribuem de forma negativa sobre sua ergonomia. O correto é manter o monitor na linha dos seus olhos, sem que você precise ficar olhando para baixo ou para cima. Nem próximo demais, nem longe demais. Fixe-o na parede se o seu monitor lhe oferecer essa possibilidade ou use um suporte para eleva-lo. Caso você trabalhe com um notebook pense em comprar um suporte para eleva-lo e então adicione um mouse e um teclado extra. Essa não é uma solução tão boa para quem não tem muito espaço, mas melhora muito a ergonomia de quem vai trabalhar na frente de um notebook.

2. Iluminação

Trabalhar com luz insuficiente ou até em excesso é ruim. Prefira ambientes iluminados com luz natural e a noite evite a luz direta e forte demais. Uma outra dica muito boa é: posicione seu monitor de acordo com a incidência de luz no ambiente, assim você evita que a luz que vem pela janela ou mesmo a luz artificial criem reflexos na sua tela.

3. Espaço de descanso

Eu considero que fazer pausas ao longo do trabalho é fundamental para cabeça. Essas pausas podem acontecer das mais variadas formas possíveis, com um café, ouvindo uma música, esparramado em algum sofá, puff ou espreguiçadeira… Aproveite e folheie o jornal ou olhe as notícias dos seus sites favoritos. Ter um espaço para descansar no seu home office é muito bom e ajuda bastante para aliviar a pressão do trabalho.

espreguiçadeira inflável
Opção de poltrona inflável para relaxar no home office

4. Música, TV e telefone

Eu preciso de barulho para trabalhar bem, o silêncio total me incomoda, então é quase certo que eu trabalhe ouvindo música, seja no PC ou mesmo deixando um show rolando na TV. E o estilo musical varia de acordo com o que eu estou produzindo. Outra questão que me atrapalha é o telefone, eu prefiro trabalhar por email do que atendendo o telefone, o motivo é simples: eu não me concentro se o telefone ficar tocando toda hora. Portanto escolha se você vai ter ou não um telefone no escritório (tá, nem sempre você pode escolher), desligue ou coloque o celular no silencioso quando for necessário e evite as distrações.

5. Email

Você pode lidar com os emails de várias formas, eu costumo fazer o seguinte: acordo e resolvo as tarefas da manhã, entre elas eu checo os emails e respondo os mais importantes primeiro. Aproveito e limpo os spams. Anúncios e avisos de redes sociais ficam para depois. Após o almoço eu reviso os outros emails e no final do dia eu dou uma última olhada na caixa de entrada. Isso evita com que toda hora eu pare meu trabalho para responder algum email, ainda que ele não seja importante. O filtro básico aqui é: se for importante responda no momento ou coloque na lista de tarefas do dia. Caso contrário revise quando tiver mais tempo.

6. Café, chá, suco, água e pausas

Beba um bom café ou alguma outra bebida ao longo do dia, isso lhe ajuda a relaxar – e no caso da água lhe ajuda a manter a disposição e a concentração também, já que ambas são afetadas pela desidratação. Esses momentos aliados às pausas fazem com que você mantenha um bom humor e consequentemente uma produção melhor. Aguenta aí que eu vou fazer o meu café da tarde.

Coffee

7. Back up

Tenha algum tipo de backup em nuvem se possível e/ou faça backup em duas mídias diferentes, ou seja, em dois HDs diferentes. Aqui eu uso um HD de mesa e um HD secundário dentro do PC que fazem o meu backup. Para facilitar a tarefa de cópia dos arquivos eu tenho instalado no meu desktop um programa gratuito chamado Cobian BackUp. Ele me permite agendar cópias automáticas de diretórios pré-definidos para os meus HDs de Backup. Eu ajustei o programa para fazer cópias somente dos arquivos alterados e novos e antes disso fiz um backup completo dos diretórios que me interessam. Atualmente eu utilizo um Case externo para dois HDs, eu falei do Orico em outro texto aqui do site.

Se você for levar a questão do backup a um nível mais sério é recomendável também ter um backup em nuvem já que isso lhe evitaria problemas em caso de um incêndio, por exemplo. Numa situação onde seu home office fosse danificado por completo se os seus HDs de backup estivessem ambos dentro dele não teriam sido úteis na recuperação do seu trabalho… Pode parecer exagerado, mas é uma boa recomendação ter um backup fora.

8. Quadro de avisos

Facilite a visualização de informações que você consulta frequentemente e que não tem motivo ou não quer decorar. Um quadro de avisos pode ser útil para lhe posicionar melhor em um projeto ou em vários, facilitando o acompanhamento de etapas ou para outras finalidades.

escritório em casa
Quadros de avisos e calendário customizável, entre outra soluções deste espaço (Foto: reprodução Pinterest)

9. Agenda e lista de tarefas – digital e de papel

Eu tenho uma agenda tradicional e ainda assim eu utilizo outras agendas digitais sincronizadas com meus dispositivos móveis e acessíveis pela web. Minhas tarefas são replicadas na agenda de papel e na digital, isso me garante que eu não tenha problemas caso esqueça a agenda comum em casa. A mesma coisa acontece com a minha lista de tarefas que fica disponível nos dispositivos móveis e na web. Assim eu consigo visualizar as tarefas e ir resolvendo algumas coisas todos os dias. Outra coisa, defina as tarefas principais de cada dia (umas duas ou três dependendo do que for) e se possível comece com elas logo de cara, assim você renderá mais. Não entupa a sua lista de tarefas, foque em resolver as coisas e não em acumula-las.

10. Respeite seus horários

Horário é um item fundamental para sua produção no home office. defina horários para começar, almoçar e terminar seu dia de trabalho. Não adianta virar a noite trabalhando e no dia seguinte querer acabar com alguma lista de tarefas enorme enquanto você briga para manter os olhos abertos. Defina seus horários e respeite-os.

1 comentário em “10 dicas para seu Home Office”

  1. Foi muito bom ler esse artigo e rever também alguns pontos importantes em nossa rotina que muitas vezes passam despercebidos e acabam prejudicando o nosso trabalho final. Parabéns pelo artigo e pelo blog, muito bom!

Deixe uma resposta